10º Homicídio em Mossoró 2022: Ex-presidiário é executado com mais de 30 tiros dentro de casa no Conjunto Odete Rosado

A violência não pára em Mossoró, a segunda maior cidade do Rio Grande do Norte. Na madrugada desta quarta feira 19 de janeiro de 2022, por volta das 03h30min, a cidade registrou mais um homicídio, o segundo das últimas 12 horas e o décimo do ano de 2022.

O crime aconteceu no Conjunto Odete Rosado e teve como vítima, Alex Batista da Silva, conhecido como “Pepeu” de 28 anos de idade. Segundo a Políia Militar, que isolou o local, cerca de três homens armados, arrombaram a porta dos fundos, invadiram a residência e mataram a vítima, que dormia com a mulher, mas esta teve a vida poupada pelos criminosos

De acordo com a perícia, foram cerca de 30 tiros, de pistolas, .40 e 380 e ainda revolver calibre 38. Após a execução, os assassinos fugiram  e não foram identificados. Ainda não há informações sobre a motivação do crime.

A polícia informou que a vítima tinha passagem pelo sistema prisional, mas não devia mais nada a justiça. Ele teria sido preso em 2013, acusado de crime de homicídio. A equipe do ITEP, acompanhada da Polícia Civil, realizou os procedimentos de perícia e depois recolheu o corpo para ser examinado em sua base. A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) vai investigar o crime.

NOTA À IMPRENSA

O Governo do Estado comunica que, em virtude das recomendações previstas no Decreto n° 31.265, de 17 de janeiro de 2022 e publicado hoje (18), definindo as regras para contenção da transmissão da nova variante da covid-19 – a Ômicron – e do vírus da gripe influenza, as agendas oficiais da governadora Fátima Bezerra previstas para esta semana foram suspensas para avaliação e adequação aos protocolos.

Apesar das novas regras entrarem em vigor na próxima sexta-feira (21), a suspensão das agendas é necessária para as devidas adequações, em respeito às recomendações das autoridades em saúde.

Natal (RN), 18 de janeiro de 2022.

GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL – ASSECOM

Bancada do Podemos se rebela contra candidatura de Moro e ameaça desfiliação

A pré-candidatura de Sergio Moroabriu uma crise na bancada federal do Podemos. Além do perfil individualista do ex-juiz — que toma decisões sozinho e tem agendado conversas consideradas atrapalhadas por aliados — a bancada de deputados federais do partido pressiona para que ele migre para o União Brasil ou candidate ao Senado.

Dos onze parlamentares do partido, ao menos sete não querem a candidatura de Moro à Presidência pelo Podemos.Eles alegam que a campanha majoritária irá dizimar a bancada federal. Os motivos vão desde os arranjos regionais à divisão do fundo eleitoral de 229 milhões. Pesam ainda o desempenho mediano de Moro nas pesquisas e o pouco tempo de televisão.

Diante disso, deputados federais avisaram a Moro e a presidente do partido, Renata Abreu, que irão se desfiliar caso uma solução não seja encontrada.

Eles defendem dois caminhos:

No primeiro, o Podemos abençoa de vez a candidatura de Moro ao Senado pelo Paraná – tornando essa uma decisão do partido e não apenas de Álvaro Dias, que também pode disputar a vaga.

No segundo, o ex-juiz se filia ao União Brasil – fusão do PSL com DEM – , que conta com 1 bilhão em fundo partidário. Caso ele se filie ao UB, o Podemos indica a presidente Renata Abreu a vice na chapa de Moro.

Carta capital

Brasil registra recorde de 132 mil casos conhecidos de Covid em 24 h; média móvel também supera pior marca


O Brasil registrou nesta terça-feira (18) o recorde de 132.254 novos casos conhecidos de Covid-19 em 24 horas, chegando ao total de 23.215.551diagnósticos confirmados desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de casos nos últimos 7 dias foi a 83.630 – a maior marca registrada até aqui, superando pela primeira vez o pico de junho de 2021 (quando chegou a 77.295). Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de +575%, indicando tendência de alta nos casos da doença.

Castigada pela prefeitura de Mossoró, Asmor pede doações para não fechar as portas

A Associação de Surdos de Mossoró e Região (ASMOR) segue sendo castigada pela gestão do prefeito Allyson Bezerra (Solidariedade), que desde o ano passado deixou de fazer repasses à instituição, como ocorreria em gestões anteriores. Cansada da esperar pelas promessas do prefeito, a entidade decidiu recorrer à solidariedade dos mossoroenses.

A associação está realizando a campanha Ajude a Asmor. “A comunidade surda pede sua ajuda para pagar as despesas essenciais da associação, que auxilia os surdos de Mossoró devido à continuidade do não repasse financeiro do município”, pede a Asmor.

A entidade lembra que não tem recursos para pagar o aluguel, e as contas de água e luz, por exemplo. Caso não consiga a ajuda das pessoas, a Asmor poderá fechar as suas portas. Quem quiser fazer uma doação via PIX, a chave é: 36.543.526/0001-65.

Boca da Noite

Paróquia da Beata Lindalva e São Cristóvão doa ambulância para o município de Assú

Em Assú, um momento de muita emoção marcou o encerramento dos festejos em homenagem à Beata Irmã Lindalva. A Paróquia da Beata Irmã Lindalva e São Cristóvão realizou a doação de uma ambulância para a Prefeitura do Assú, que será utilizada pela Secretaria Municipal de Saúde Pública.

Na ocasião, a gestão municipal, representada pelo prefeito Gustavo Soares e pela vice-prefeita Fabielle Bezerra, recebeu o veículo que fará parte da frota dos transportes da saúde pública da cidade. Com a doação, a Secretaria de Saúde passa a contar com um total de 10 ambulâncias para o transporte de pacientes assuenses. 

“Eu agradeço a cada um de vocês, pois essa é uma ação que vai ajudar Assú a crescer mais e mais na saúde. Além disso, quero destacar que esta é mais que uma ação de doação dos fiéis da Paróquia. Esta é uma doação de fé e esperança, de acreditar que esta ambulância vai salvar vidas estando à disposição de cada um dos nossos queridos assuenses. E podem ter certeza, a Prefeitura de Assú vai cuidar muito bem deste tão importante instrumento.”, disse o prefeito Gustavo Soares.